Inovações nos fueiros florestais melhoram qualidade da operação de baldeio

A operação de baldeio é uma das fases mais importantes do transporte de madeira. No segmento de fueiros florestais, ela ocorre dentro das empresas de celulose, na chamada movimentação de pátio.

Essa operação pode ser realizada em diferentes ciclos, como no descarregamento de uma barcaça e baldeamento até o início do processo de moagem da madeira; ou então no baldeamento do estoque de madeira interno/pátio até o processo de moagem.

Nos últimos anos, o setor florestal vem intensificando soluções para tornar essa operação mais produtiva e menos onerosa. Os fueiros florestais RAPTOR®, por exemplo, foram aprimorados e os modelos da nova geração deixam o processo de baldeio mais seguro para os profissionais envolvidos.

Outra vantagem é a eficiência da operação: os fueiros RAPTOR® são mais leves e possibilitam maior capacidade de carga, gerando menos viagens de ida e de volta. O processo também é mais limpo com os novos modelos, pois a estrutura moderna ameniza a queda de resíduos durante o transporte. 

 

Aço de alta resistência é até quatro vezes mais seguro

A operação de baldeio exige uma preocupação constante com segurança. Optar pela qualidade nos produtos utilizados no processo, portanto, é essencial.

Os fueiros florestais RAPTOR® são fabricados com aço de alta resistência, que é considerado até quatro vezes mais seguro do que os convencionais. O material consegue ser mais leve do que os aços tradicionais ao mesmo tempo que é mais resistente.

A linha RAPTOR® é referência ainda em confiabilidade. Todos os modelos são fabricados na empresa Unylaser, em Caxias do Sul/RS, e atendem à norma de segurança internacional DIN EN 12642 L e XL.